sábado, 24 de dezembro de 2011

O Novo Plano de Governo


Lucas 3.1-20

O discurso de João é forte, incisivo e impactante.
João não mede palavras nem consequências, para falar a verdade, ele arrisca  a própria vida.

  1. Quem é João?
    João é filho do sacerdote Zacarias, verso 2 e capitulo 1.5 ele é o profeta predito por Isaías. Isaías 40.3-5
  2. Onde João vivia?
    Segundo o evangelho de Marcos 1.4 João Batista vivia no deserto, suas vestes eram de p~elos de camelo, com um cinto de couro, e sua alimentação era basicamente, gafanhotos e mel silvestre. Marcos 1.6
  3. Qual o tema da Mensagem?
    Arrependimento. Lucas 3.3 Sua missão era trazer a realidade a tona, (havia um problema, esse problema se chama pecado, e para resolve-lo precisamos admitir nosso erro, e nos arrepender). Assim João Batista preparou o caminho do Senhor. Lucas 1.16-17
  4. Qual o público de João?
    João pregou a todas as esferas da sociedade: pessoas comuns, publicanos, soldados, governantes como por exemplo (Herodes Tetrarca da Judéia. Lucas 3.10-20. Também falava aos fariseus e doutores da lei, Lucas 7.30 sacerdotes e levitas também ouviram seu discurso, aponto de saírem de Jerusalém para interroga-lo, João1.19.
João não estava pregando o que as pessoas queriam ouvir, não estava ensinando um evangelho da prosperidade, sua mensagem era contundente: "Arrependa-se".
As pessoas chegaram a pensar que ele fosse o Cristo, não apenas por sua postura, mas pelo teor de sua pregação:

a) Social;  a multidão pergunta o que deve fazer para redimir-se. João responde propondo uma mudança pessoal de caráter e valores, Lucas 3.11, que inicia-se com uma ação humanitária (solidaria) individual. O que João fez, foi propor o fim do sistema de assistência social tradicional. Introduzindo a ideia de inversão de valores, (nesta visão o que importa são pessoas, e não seus pertences). sendo assim ao ver alguém necessitado, espontaneamente divide-se seus bens com o ele. O bem do próximo, é mais importante do que acumular riquezas para si mesmo. O próprio Jesus determina este tipo de desprendimento. Lucas18.22

b) Política;  os publicanos fazem a mesma pergunta e João propõe uma mudança política, que extingua a corrupção, ele diz: "Não peçais mais do que aquilo que vos está ordenado." Lucas 3.13 não é de espantar que João tivesse  inimigos, mesmo nos dias de "Hoje". Muitos políticos estão precisando ouvir os gritos de João: "Arrependei-vos, raça de víboras...."  

c)Militar; aos soldados ele pede uma conduta pacifica, mais ética e justa. Lucas 3.14

 Mesmo sendo um morador do deserto, João parecia trazer dentro de si, o programa de governo perfeito. De todos os ângulos  sua mensagem parecia uma proposta de governo, e usando uma analogia livre, realmente João estava anunciando um novo tipo de governo: justo, integro, humano, o governo de Jesus Cristo.
Muito além de uma mudança de atitude, ele pregava uma mudança de paradigmas. O povo vivia cada vez mais sob o jugo humano, pecador e falível. João estava chamando o povo a viver sob o governo divino, santo e perfeito de Deus. Lucas 3.7

João faz um anuncio profético.
  • O batismo de João com água era para remissão dos pecados capitulo 3 verso 3, está é a entrada no governo de Cristo, porém joão declara: "...eis que vem aquele que é mais poderoso do que eu, a quem eu não sou digno de desatar a correia das sandálias; este vos batizará com o Espírito Santo e com fogo." Lucas 3.16
O batismo nas águas testifica que cremos em Jesus e nos arrependemos de nossos pecados; quando João diz batismo com o Espírito Santo, ele está ligando ao futuro "governante" que é Jesus Cristo, a promessa de Deus em Joel, apontando Jesus Cristo como representante legitimo do Reino de Deus, pois Ele (Jesus) traz consigo o cumprimento da promessa de Deus; o fogo é um elemento purificador, é usado para purificar artigos de prata e ouro no antigo testamento, será usado pelo Grande Rei Jesus Cristo para provar as nossas obras, e está sendo usado por João para mostrar a capacidade do governo divino de mudar não apenas o exterior dos cidadãos, mas de transforma-los interiormente. O batismo com fogo não é remissão de pecados mas sim a purificação da alma, do espírito e da consciência humana.

O poder e a beleza deste plano de governo, está intimamente ligado a sua eleição. Você não pode eleger a Jesus Cristo. Ele já é Rei dos Reis, e Senhor dos Senhores. É ele quem te elegeu para fazer parte do seu reino. Outra nova é que você pode escolher aceitar ou não, se tornar um cidadão dos céus. Nesta eleição não Cristo que vem a sua cidade, e sim você é quem será levado aos domínios do Rei Jesus.

Em toda a trajetória de João Batista, vemos sua determinação para que as pessoas recebam o reino dos Céus, que está em Cristo. Receber a Jesus é receber, o Reino.

Deus te Abençoe.